Saque FGTS Coronavírus

Como forma de combate o estado de calamidade pública e emergência da saúde pública ocasionada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Governo Federal anunciou a liberação do saque do FGTS. A medida possibilita que os trabalhadores realizem saque de R$ 1.045 a partir do dia 15 de junho. A liberação dos saques foi recebida com muito entusiasmo pelos trabalhadores, principalmente os que tiverem seus postos de trabalhado afetado pelo evento pandêmico. Quer conhecer um pouco mais sobre o saque FGTS coronavírus? Leia o artigo!

Saque FGTS Coronavírus

Saque FGTS Coronavírus

Saque FGTS Coronavírus

A medida anunciada pelo Governo Federal permitirá que o trabalhador efetue o saque do FGTS durante a calamidade causada pela pandemia do coronavírus. O saque deve beneficiar cerca de 60 milhões de contas e injetar cerca de R$ 36,2 bilhões na economia em 2020, de acordo com cálculos realizados pela do Ministério da Economia.

O pagamento do saque FGTS deve ser iniciado pelas contas inativas (as que estão sem receber depósito por um tempo) com pouco saldo e, em seguida, contas ativas também com menor valor.


Quem tem Direito ao Saque do FGTS

O saque FGTS coronavírus poderá ser efetuado por todos os trabalhadores que possuem saldo nas contas ativas inativas no fundo. A medida provisória não traz qualquer condicionante sobre o trabalhador que tem direito ao saque do valor.

Mas, vale ressaltar que a medida estabelece que quem tiver saldo em mais de uma conta do FGTS só poderá sacar até o valor de R$ 1.045 por trabalhador, mesmo que tenha mais recursos depositados.


Como Sacar o FGTS

O valor do saque FGTS coronavírus será depositado automaticamente em contas poupança de titularidade do trabalhador que já existem na Caixa Econômica Federal. No entanto, caso deseje o contrário, o trabalhador pode, até 30 de agosto, pedir o cancelamento do crédito automático. O procedimento será totalmente estabelecido pela Caixa Econômica.

A medida provisória também estabelece que o saque do FGTS pode ser recebido em outros bancos, como:

  • Banco do Brasil;
  • Santander ou;
  • Bradesco.

Contanto que o beneficiário comprove a titularidade da conta. O Governo Federal também tomou cuidado para que instituições bancárias não cobrem tafiás pelo saque.

Como Sacar o FGTS

Como Sacar o FGTS


Calendário de Saque FGTS Coronavírus

O calendário do saque do FGTS coronavírus deve ser feito entre os dias 15 de junho e 31 de dezembro. No momento, o cronograma detalhado de saque ainda não foi definido e divulgado pela Caixa Econômica Federal. A medida provisória prevê que o saque deverá ser liberado após o término do pagamento do Auxílio Emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais.

No entanto, o cronograma deve ser similar ao saque imediato do FGTS 2020. Na ocasião, o calendário obedeceu a ordem do mês de nascimento de cada trabalhador.  Os trabalhadores que tem conta em outros bancos devem ficar atento ao calendário de saque dessas instituições. Os trabalhadores que não tem conta poupança, a Caixa solicitará documento de identificação, como:

  • Carteira nacional de habilitação;
  • Carteira de trabalho e Previdência social e;
  • RG.

Leave a Reply